Senso de responsabilidade do Japones


Páginas (10): « Anterior 1 2 3 4 5 ... 10 Próximo »
97 respostas neste tópico
 #11
(26/01/2013, 05:03)Sorenant Escreveu: A galinha do vizinho é sempre mais gorda.

E o quintal sempre mais bonito.

Mesmo governo japonês sendo 'ruim', o nosso se esforça para ser a pior.
E antes que alguém jogue pedras em mim: praticamente não existem governos bons hoje em dia...
Responder
 #12
(12/02/2013, 15:57)Muun Escreveu: E o quintal sempre mais bonito.

Mesmo governo japonês sendo 'ruim', o nosso se esforça para ser a pior.
E antes que alguém jogue pedras em mim: praticamente não existem governos bons hoje em dia...

E vai vir me dizer que antigamente com a ditadura as coisas eram melhores pela população mais disciplinada? Talvez no governo do Juscelino que era um companheiro bastante inteligente com seu plano de valorizar automóvel acima das locomotivas? Ou então devemos vontar a Pedro II, onde pessoas andavam de vestidos e ternos lindos(enquanto jogavam merda na rua)?
Por favor, não estamos num Eden mas estamos vivendo muito bem. Eu pessoalmente agradeço a deus por estar no Brasil com Dilma e Sarney ao invés de um Kim Jong-un.

Favela e miséria? Sempre existiu e sempre vai existir, a menos que haja uma reviravolta cientifica/humana digna de livro de scifi. E não venha com ideiais comunistas, como disse o Putin: Whoever does not miss the Soviet Union has no heart. Whoever wants it back has no brain.
Violência? Não me lembro de casos de snipers atirando em pessoas de cima de uma torret e da última vez que fui no Walmart eles não tinham uma M16 no estoque (tentei ver se achava pelo menos uma AK47 chinesa no camelô mas sem sucesso).
Corrupção? Até hoje não conheci uma pessoa que não chuparia um osso jogado na frente deles.

By the way, tanto quanto offtopic mas outra frase do Putin que gosto:
“History proves that all dictatorships, all authoritarian forms of government are transient. Only democratic systems are not transient. Whatever the shortcomings, mankind has not devised anything superior.”
Responder
 #13
(12/02/2013, 17:17)Sorenant Escreveu: E vai vir me dizer que antigamente com a ditadura as coisas eram melhores pela população mais disciplinada? Talvez no governo do Juscelino que era um companheiro bastante inteligente com seu plano de valorizar automóvel acima das locomotivas? Ou então devemos vontar a Pedro II, onde pessoas andavam de vestidos e ternos lindos(enquanto jogavam merda na rua)?
Por favor, não estamos num Eden mas estamos vivendo muito bem. Eu pessoalmente agradeço a deus por estar no Brasil com Dilma e Sarney ao invés de um Kim Jong-un.

Favela e miséria? Sempre existiu e sempre vai existir, a menos que haja uma reviravolta cientifica/humana digna de livro de scifi. E não venha com ideiais comunistas, como disse o Putin: Whoever does not miss the Soviet Union has no heart. Whoever wants it back has no brain.
Violência? Não me lembro de casos de snipers atirando em pessoas de cima de uma torret e da última vez que fui no Walmart eles não tinham uma M16 no estoque (tentei ver se achava pelo menos uma AK47 chinesa no camelô mas sem sucesso).
Corrupção? Até hoje não conheci uma pessoa que não chuparia um osso jogado na frente deles.

A questão não é favela e miséria e sim as atitudes dos políticos para tentar reverter (ou não) essa situação. Acredito sim que no governo da ditadura foi melhor, mas também não foi um governo cheio de bençãos pois eles fizeram coisas erradas TAMBÉM. Com relação ao governo atual, a corrupção é só um 'plus', o que eles estão fazendo errado é deixar de priorizar educação e "quantitativos positivos a longo prazo" (imo educação e tecnologia). Pode me chamar de biased, mas como alguém que já estudou numa escola que não havia cortinas e não havia livros, sei bem que a copa do mundo poderia ser esquecida por mais uns 4 aninhos ou até mais.

Btw: Você me fez perceber que nosso governo não é o pior, mas ainda está bem longe de ser o melhor (e preferia muito mais um governo que não se concentrasse em copa do mundo e sim na melhora da educação).
Responder
 #14
(12/02/2013, 17:28)Muun Escreveu: A questão não é favela e miséria e sim as atitudes dos políticos para tentar reverter (ou não) essa situação. Acredito sim que no governo da ditadura foi melhor, mas também não foi um governo cheio de bençãos pois eles fizeram coisas erradas TAMBÉM. Com relação ao governo atual, a corrupção é só um 'plus', o que eles estão fazendo errado é deixar de priorizar educação e "quantitativos positivos a longo prazo" (imo educação e tecnologia). Pode me chamar de biased, mas como alguém que já estudou numa escola que não havia cortinas e não havia livros, sei bem que a copa do mundo poderia ser esquecida por mais uns 4 aninhos ou até mais.

Btw: Você me fez perceber que nosso governo não é o pior, mas ainda está bem longe de ser o melhor (e preferia muito mais um governo que não se concentrasse em copa do mundo e sim na melhora da educação).

Conte-me me mais da sua vida triste em escola pública, ela me lembra do meu fundamental quando eu ralava de estudar para conseguir uma bolsa grande em uma escola particular. Como disse um chines: onde há vontade, há um caminho.
Não quero me extender na parte de educação já que é uma discussão sem fim mas olhemos a situação do japão, onde é famoso por seu sistema de ensino maravilhoso: Temos empresas demitindo aos montes e tratando os funcionários como escravos, estudantes sem esperança no futuro abandonando os estudos logo no ensino médio(chuugaku/koukou). Yep, a educação solucionou todos os problemas mesmo.

Além disso, qual o problema com a copa do mundo? Deixa as pessoas se divertirem. Aposto que as pessoas que vivem na famosa "sociedade do circo" são mais felizes do que pessoas rabujentas que olham para todo tipo de entretenimento como uma ameaça. Até parece oficial da força armada imperial japonesa.
Querendo ou não abrigar a copa do mundo cria um status no país, que nem as medalhas no uniforme do militar.

Edit: Tira um pouco a força dos ombros, relaxa. A vida é mais tranquila e bonita do que você pensa.
Responder
 #15
(12/02/2013, 17:50)Sorenant Escreveu: Conte-me me mais da sua vida triste em escola pública, ela me lembra do meu fundamental quando eu ralava de estudar para conseguir uma bolsa grande em uma escola particular. Como disse um chines: onde há vontade, há um caminho.
Não quero me extender na parte de educação já que é uma discussão sem fim mas olhemos a situação do japão, onde é famoso por seu sistema de ensino maravilhoso: Temos empresas demitindo aos montes e tratando os funcionários como escravos, estudantes sem esperança no futuro abandonando os estudos logo no ensino médio(chuugaku/koukou). Yep, a educação solucionou todos os problemas mesmo.

Além disso, qual o problema com a copa do mundo? Deixa as pessoas se divertirem. Aposto que as pessoas que vivem na famosa "sociedade do circo" são mais felizes do que pessoas rabujentas que olham para todo tipo de entretenimento como uma ameaça. Até parece oficial da força armada imperial japonesa.
Querendo ou não abrigar a copa do mundo cria um status no país, que nem as medalhas no uniforme do militar.

Em primeiro lugar, gostaria que parasse de usar termos agressivos. Você não precisa chamar a minha vida de "triste" para melhorar a sua argumentação.

Em segundo lugar, no Japão temos superpopulação com recursos escassos. É normal termos diferenças de níveis e estudantes sem esperança. Mas se você quiser comparar o Japão com educação e um Japão sem educação, tente comparar às favelas (onde todo mundo mora praticamente junto e os recursos também são escassos). A nível intelectual, os dois são tratados como escravos, os dois passam fome, os dois tem sede etc., só que de um lado temos grandes empresas desenvolvendo bons conteúdos (tecnologia, pelo menos) e do outro lado temos carnaval e drogas. Quando o pessoal se cansar do carnaval vendemos as drogas e continuamos vivendo, não? Só que lá não tem espaço para plantação e todos os países são desenvolvidos... E por mais que o que eu falei passe como "besteira", lembre-se que lá eles não tem realmente como melhorar a vida se não souberem como construir uma casa em cima da outra sem que um terremoto de magnitude 3~5 as derrube.

Quanto a questão da copa do mundo. Primeiro nosso país não tem condições para receber um evento desse porte. Pergunte para qualquer bom professor de vestibular/cursinho ou ao Romário (http://www.lancenet.com.br/copa-do-mundo...33531.html). Em segundo lugar, eu não tenho problema nenhum com as pessoas se divertirem, e o status é algo bom, mas infelizmente a troca está saindo muito cara num país em desenvolvimento (IMO).
Responder
 #16
(12/02/2013, 18:11)Muun Escreveu: Em primeiro lugar, gostaria que parasse de usar termos agressivos. Você não precisa chamar a minha vida de "triste" para melhorar a sua argumentação.

Em segundo lugar, no Japão temos superpopulação com recursos escassos. É normal termos diferenças de níveis e estudantes sem esperança. Mas se você quiser comparar o Japão com educação e um Japão sem educação, tente comparar às favelas (onde todo mundo mora praticamente junto e os recursos também são escassos). A nível intelectual, os dois são tratados como escravos, os dois passam fome, os dois tem sede etc., só que de um lado temos grandes empresas desenvolvendo bons conteúdos (tecnologia, pelo menos) e do outro lado temos carnaval e drogas. Quando o pessoal se cansar do carnaval vendemos as drogas e continuamos vivendo, não? Só que lá não tem espaço para plantação e todos os países são desenvolvidos... E por mais que o que eu falei passe como "besteira", lembre-se que lá eles não tem realmente como melhorar a vida se não souberem como construir uma casa em cima da outra sem que um terremoto de magnitude 3~5 as derrube.

Quanto a questão da copa do mundo. Primeiro nosso país não tem condições para receber um evento desse porte. Pergunte para qualquer bom professor de vestibular/cursinho ou ao Romário (http://www.lancenet.com.br/copa-do-mundo...33531.html). Em segundo lugar, eu não tenho problema nenhum com as pessoas se divertirem, e o status é algo bom, mas infelizmente a troca está saindo muito cara num país em desenvolvimento (IMO).

Usei o termo 'triste' pois você se referiu a sua escola como se fosse algo negativo, o que eu não concordo. Uma situação dessas deixa claro quem tem vontade e quem não tem. IMO é uma situação onde a seleção natural se aplica, já que não temos mais predadores naturais e outros problemas primitivos. De qualquer forma, se isso te ofendeu eu peço desculpas.

Se o japão não é um bom motivo de comparação por escassez de recursos, vejamos os EUA. Localização favorável, recursos naturais satisfatórios e uma história que a permitiu enriquecer, como a guerras que não a atingiram diretamente. Da ultima vez que chequei, as diferenças sociais lá eram bastante evidentes também.

Se o Brasil com seu sexto lugar no ranking de GDP(no GDP per capita não está tão bem mas pelo menos está acima da china Icon_lol) não tem capacidade de abrigar uma copa, as opções viáveis seriam bem poucas.
Se busca algo fora dos números as olimpiadas de 1936 não ocorreram em um país exatamente pacífico e rico.
Grande parte do mimimi é por culpa do complexo que o Brasileiro tem de querer achar que tudo que os outros conterraneos fazem é uma porcaria (geralmente só ele é a pessoa sensata e inteligente do Brasil). Se quer reclamar tanto da politica e educação, que tal tentar se envolver mais na política ou se tornar um professor e criar talentos? Ficar reclamando e lamentando no bar, festa e internet não é exatamente algo que ajuda um país 'ir pra frente'.
Responder
 #17
(12/02/2013, 17:17)Sorenant Escreveu: E vai vir me dizer que antigamente com a ditadura as coisas eram melhores pela população mais disciplinada? Talvez no governo do Juscelino que era um companheiro bastante inteligente com seu plano de valorizar automóvel acima das locomotivas? Ou então devemos vontar a Pedro II, onde pessoas andavam de vestidos e ternos lindos(enquanto jogavam merda na rua)?
Por favor, não estamos num Eden mas estamos vivendo muito bem. Eu pessoalmente agradeço a deus por estar no Brasil com Dilma e Sarney ao invés de um Kim Jong-un.

Favela e miséria? Sempre existiu e sempre vai existir, a menos que haja uma reviravolta cientifica/humana digna de livro de scifi. E não venha com ideiais comunistas, como disse o Putin: Whoever does not miss the Soviet Union has no heart. Whoever wants it back has no brain.
Violência? Não me lembro de casos de snipers atirando em pessoas de cima de uma torret e da última vez que fui no Walmart eles não tinham uma M16 no estoque (tentei ver se achava pelo menos uma AK47 chinesa no camelô mas sem sucesso).
Corrupção? Até hoje não conheci uma pessoa que não chuparia um osso jogado na frente deles.

By the way, tanto quanto offtopic mas outra frase do Putin que gosto:
“History proves that all dictatorships, all authoritarian forms of government are transient. Only democratic systems are not transient. Whatever the shortcomings, mankind has not devised anything superior.”
Até concordaria contigo se não tivesse o Sarney... Mas comparado com certos políticos japoneses, é farinha do mesmo saco.
A única diferença é que no Brasil ainda é raro alguém ter orgulho do seu emprego (só os bem sucedidos e olhe lá), embora no mundo todo exista um infeliz movimento de "sucateação" disso.
Parece que estamos numa nova crise do capitalismo, só que além das empresas os governos estão vindo junto...
Responder
 #18
(12/02/2013, 18:51)manju Escreveu:
Até concordaria contigo se não tivesse o Sarney... Mas comparado com certos políticos japoneses, é farinha do mesmo saco.
A única diferença é que no Brasil ainda é raro alguém ter orgulho do seu emprego (só os bem sucedidos e olhe lá), embora no mundo todo exista um infeliz movimento de "sucateação" disso.
Parece que estamos numa nova crise do capitalismo, só que além das empresas os governos estão vindo junto...

Para ser sincero, eu admiro o intelecto dele. Tenho certeza que a maioria das pessoas não iriam conseguir fazer metade das manobras politicas dele, não é a toa que é chamado de raposa velha. Só falta agora usar esse intelecto pro bem. Icon_lol
Responder
 #19
(12/02/2013, 18:29)Sorenant Escreveu: Usei o termo 'triste' pois você se referiu a sua escola como se fosse algo negativo, o que eu não concordo. Uma situação dessas deixa claro quem tem vontade e quem não tem. IMO é uma situação onde a seleção natural se aplica, já que não temos mais predadores naturais e outros problemas primitivos. De qualquer forma, se isso te ofendeu eu peço desculpas.

Se o japão não é um bom motivo de comparação por escassez de recursos, vejamos os EUA. Localização favorável, recursos naturais satisfatórios e uma história que a permitiu enriquecer, como a guerras que não a atingiram diretamente. Da ultima vez que chequei, as diferenças sociais lá eram bastante evidentes também.

Se o Brasil com seu sexto lugar no ranking de GDP(no GDP per capita não está tão bem mas pelo menos está acima da china Icon_lol) não tem capacidade de abrigar uma copa, as opções viáveis seriam bem poucas.
Se busca algo fora dos números as olimpiadas de 1936 não ocorreram em um país exatamente pacífico e rico.
Grande parte do mimimi é por culpa do complexo que o Brasileiro tem de querer achar que tudo que os outros conterraneos fazem é uma porcaria (geralmente só ele é a pessoa sensata e inteligente do Brasil). Se quer reclamar tanto da politica e educação, que tal tentar se envolver mais na política ou se tornar um professor e criar talentos? Ficar reclamando e lamentando no bar, festa e internet não é exatamente algo que ajuda um país 'ir pra frente'.

Inicialmente quanto a questão da minha antiga escola, eu costumava pensar igual. Mas não há situação de predador e presa numa escola pública pois ninguém quer estudar, só passar de ano. Esse é o futuro da nossa classe baixa-média já que a escola particular hoje é cara. Eu só consegui entrar para a universidade federal aqui pois tive um ano de cursinho num colégio de R$600,00/mês (com desconto) e ainda sofri.

As diferenças sociais lá são bastante evidentes também. Tiro o chapéu pra você. Eles também são a maior economia(errata: já foram), tem 6 das melhores universidades, muitos bons jogos e muita mulher com peito liso. O governo de lá é, na visão deles, muito ruim também - e não era isso que estávamos discutindo antes?

O Brasil tem o sexto lugar no ranking de GDP sim, mas isso não significa que temos porte para um evento desses. O nosso país ainda tem uma segurança ruim (embora não tenhamos ataques em escolas onde um homem chega e atira em 20 crianças e mata todo mundo, temos muitos ladrões), é muito sujo (muitas de nossas praias são sujas e só vou falar uma cidade: São Paulo ), e outros problemas. Eu gostaria de fazer uma comparação a computadores e jogos: eu vejo a copa como um Crysis rodando num computador com uma placa de vídeo ruim. Vai rodar? Vai sim. Mas com certeza com FPS a baixo de 30... e em quesito de preço (de volta a copa do mundo), dá pra deixar tanta coisa melhor. Dava para melhorar o país e melhorar muito. Talvez com educação e segurança de maior qualidade (e talvez alguns outros serviços como saúde), o nosso país não fosse o sexto e sim o primeiro. (Fora algo que esquecemos: se acontecer qualquer guerra, o Brasil é um dos países mais inseguros do mundo. Não pense que vão esquecer da gente se acontecer alguma guerra, principalmente com a globalização)

Por último, estamos num forum aqui hoje. Eu ainda mais "pecador" estou na praia. Daqui a 3 dias eu estarei na UFPR, dando aula para 2 pessoas para entrar num projeto da Petrobras com UFPR cuja bolsa é de... R$400,00 com AT de R$40,00. E está de bom tamanho, não? Não é isso que os professores e alunos acham, e exatamente por isso as universidades entraram em greve ano passado (e alunos também - o que EU acho errado, mas eles conquistaram vários 'direitos') e o governo não fez nada se não processar a nossa universidade.
Responder
 #20
(12/02/2013, 18:56)Sorenant Escreveu: Para ser sincero, eu admiro o intelecto dele. Tenho certeza que a maioria das pessoas não iriam conseguir fazer metade das manobras politicas dele, não é a toa que é chamado de raposa velha. Só falta agora usar esse intelecto pro bem. Icon_lol
Isso é a única coisa que não espero dele (sobre usar o intelecto para o bem).

(12/02/2013, 19:00)Muun Escreveu: Inicialmente quanto a questão da minha antiga escola, eu costumava pensar igual. Mas não há situação de predador e presa numa escola pública pois ninguém quer estudar, só passar de ano. Esse é o futuro da nossa classe baixa-média já que a escola particular hoje é cara. Eu só consegui entrar para a universidade federal aqui pois tive um ano de cursinho num colégio de R$600,00/mês (com desconto) e ainda sofri.

As diferenças sociais lá são bastante evidentes também. Tiro o chapéu pra você. Eles também são a maior economia(errata: já foram), tem 6 das melhores universidades, muitos bons jogos e muita mulher com peito liso. O governo de lá é, na visão deles, muito ruim também - e não era isso que estávamos discutindo antes?

O Brasil tem o sexto lugar no ranking de GDP sim, mas isso não significa que temos porte para um evento desses. O nosso país ainda tem uma segurança ruim (embora não tenhamos ataques em escolas onde um homem chega e atira em 20 crianças e mata todo mundo, temos muitos ladrões), é muito sujo (muitas de nossas praias são sujas e só vou falar uma cidade: São Paulo ), e outros problemas. Eu gostaria de fazer uma comparação a computadores e jogos: eu vejo a copa como um Crysis rodando num computador com uma placa de vídeo ruim. Vai rodar? Vai sim. Mas com certeza com FPS a baixo de 30... e em quesito de preço (de volta a copa do mundo), dá pra deixar tanta coisa melhor. Dava para melhorar o país e melhorar muito. Talvez com educação e segurança de maior qualidade (e talvez alguns outros serviços como saúde), o nosso país não fosse o sexto e sim o primeiro. (Fora algo que esquecemos: se acontecer qualquer guerra, o Brasil é um dos países mais inseguros do mundo. Não pense que vão esquecer da gente se acontecer alguma guerra, principalmente com a globalização)

Por último, estamos num forum aqui hoje. Eu ainda mais "pecador" estou na praia. Daqui a 3 dias eu estarei na UFPR, dando aula para 2 pessoas para entrar num projeto da Petrobras com UFPR cuja bolsa é de... R$400,00 com AT de R$40,00. E está de bom tamanho, não? Não é isso que os professores e alunos acham, e exatamente por isso as universidades entraram em greve ano passado (e alunos também - o que EU acho errado, mas eles conquistaram vários 'direitos') e o governo não fez nada se não processar a nossa universidade.
Sobre a parte que deixei em negrito, é aplicável não só aos estudantes, mas à população em geral (incluindo eu), os empresários seria algo como "não ligo para o que vendo/produzo" o importante é o lucro, para quem trabalha seria "não ligo para o que faço, o importante é o salário" e assim por diante (claro que existem exceções em todos os casos que cito).
Quanto ao restante, bom... Há o lado bom e o lado ruim. O ruim já foi citado (o tal do desperdício de $$$ etc e talz, mas minha opinião é que sem copa/olimpíada/etc não mudaria muita coisa também, sempre haverá alguém ganhando por fora). O lado bom é que teoricamente "força" para que haja investimentos por toda parte (e é por isso também que o país sente menos os efeitos da crise econômica mundial, o problema são as consequências disso para o futuro), algo que poucos teriam coragem para fazer numa época dessas (apesar da crise, os países disputam a tapas sediar eventos mundiais, por que será?). Além disso, qualquer governo vê como oportunidade para melhorar (ou para aparentemente melhorar) o que não está funcionando como deveria (o ensino não vai melhorar porque os estudantes não pensam em melhorar, infelizmente. E a questão da segurança idem por causa do próprio povo).
E discordo totalmente de que o Brasil seja um dos países mais inseguros do mundo se houver uma guerra mundial, não é, apesar de atrasado tecnologicamente o exército é um dos maiores do mundo e estranhamente, dos bem preparados também (para isso que serve o tráfico de drogas, manter o exército preparado Icon_lol ). Além disso, o pensamento global não é de vivermos em sociedade e sim individualmente, não tem muito como o mundo melhorar (a não ser que esse pensamento mude).
Responder
Páginas (10): « Anterior 1 2 3 4 5 ... 10 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes