Porque os otaquinhos acham que o japão é o melhor pais do mundo?


Tópico em 'Vale tudo' criado por xShandownX em 15/02/2014, 04:24.
Páginas (40): 1 2 3 4 5 ... 40 Próximo »
396 respostas neste tópico
 #1
eu fiquei com essa maldita pergunta martelando na minha cabeça, depois de tentar argumentar com um otaquinho.

eu queria saber a opinião de vocês a respeito disso.
Responder
 #2
Gente com visão limítrofe, distorcida do mundo e de pouco conhecimento. Já fui uma pessoa como esse otaquinho...
O fato de você gostar ou se identificar com um país, não o torna o melhor do mundo. Cada país tem coisas boas e ruins. Tem pessoas boas e ruins. O Japão é assim também, ué. Pode ter animes e mangas como nunca se encontrará em lugar nenhum, mas tem seus vários defeitos como qualquer outro país.
Esse negócio de "primeiro mundo" é muito relativo. Inclusive na Europa. É cada merda que a gente vê no velho mundo... coisas que nem no nosso país imaginaríamos ver. E o povo que nunca foi pra lá fica pagando pau pra Europa, como se fosse grandes coisas. Eu sei disso porque já morei naquelas quebradas lá.
Enquanto um otaquinho tá lá assistindo seu animezinho, na enseada de Taiji tão matando baleias e golfinhos a marretadas ao melhor estilo "homem das cavernas", sujando o mar de vermelho com sangue de inocentes com a desculpa que é tudo pra supostas "pesquisas científicas". Envergonhando o mundo, destruindo a natureza, tudo por causa de ganância e um pouco de dinheiro sujo. Na cara larga do mundo!
Estamos no planeta Terra, estamos todos no mesmo barco. No dia que isso aqui melhorar (e não é da noite pro dia) definitivamente, não haverá alguns países melhores, mas todos!
Responder
 #3
Hoho... Os famosos weaboos do 4chan.

@nightdragoninja disse tudo, mas eu diria que o Japão tem mais defeitos que acertos, pra falar a verdade. Pra começar, a hierarquia come solta lá e por isso, o avanço mental de um cidadão japonês médio (perceba que não falo de classes sociais e sim de uma média) é completamente direcionado a abaixar a cabeça pra tudo sem questionamentos, até mais que aqui, por medo de ferir a honra, o orgulho e "ordem natural das coisas". Do mesmo jeito que aqui no Brasil reclamamos dos preços das peças de informática e da infraestrutura, mas pra mim, esse problema do Brasil não é tão grave quanto o do Japão.

Mas te digo, se você quiser sobreviver em qualquer país do mundo, que faça por onde, não reclame e não espere que a legislação e o estado te ajude. Crie contatos próximos a você e seja carismático, as oportunidades e o sucesso ficam mais acessíveis e qualquer probleminha existente pode ser contornado.
Responder
 #4
Geralmente são crianças e/ou jovens com pouco ou nenhum senso critico, o fascínio que o Japão apresenta nos animes e na ''cultura otaku'' leva as pessoas que são fanáticas por animes a crerem que lá é o paraiso na Terra, como se lá tudo fosse perfeito.

Em relação a Europa, bom, todos sabemos que depois dessa crise e falta de empregos em muitos países a Europa não é nem 1/3 do que foi a anos atrás, eu sou descendente de Italianos, a alguns meses estou indo atrás de ter minha cidadania Italiana mais por querer procurar minhas raízes do que ter passaporte Italiano eheheh com essa crise por lá prefiro ficar por aqui mesmo que estou bem aqui xD.
Responder
 #5
Achava que os otacos odiavam o Japão.
Responder
 #6
(15/02/2014, 07:54)NyanDere Escreveu: Hoho... Os famosos weaboos do 4chan.

@nightdragoninja disse tudo, mas eu diria que o Japão tem mais defeitos que acertos, pra falar a verdade. Pra começar, a hierarquia come solta lá e por isso, o avanço mental de um cidadão japonês médio (perceba que não falo de classes sociais e sim de uma média) é completamente direcionado a abaixar a cabeça pra tudo sem questionamentos, até mais que aqui, por medo de ferir a honra, o orgulho e "ordem natural das coisas". Do mesmo jeito que aqui no Brasil reclamamos dos preços das peças de informática e da infraestrutura, mas pra mim, esse problema do Brasil não é tão grave quanto o do Japão.

Mas te digo, se você quiser sobreviver em qualquer país do mundo, que faça por onde, não reclame e não espere que a legislação e o estado te ajude. Crie contatos próximos a você e seja carismático, as oportunidades e o sucesso ficam mais acessíveis e qualquer probleminha existente pode ser contornado.

Desculpe, mas da parte em negrito da citação, eu discordo um tanto.
Para começar, acho que a quantidade de acertos e defeitos é a mesma (assim como é com o Brasil ou qualquer outro país, embora seja uma mera questão de adaptação, o que pode fazer tanto um lugar quanto outro ter mais acertos ou mais defeitos).
Interessante você mencionar "abaixar a cabeça sem questionamento" e no parágrafo seguinte escrever para "não reclamar", em qualquer lugar do mundo ninguém abaixa a cabeça sem questionamento, a não ser que seja alguém que tenha parafusos a menos. Sem contar que existe o "como saber abaixar a cabeça nos momentos certos", muitos líderes fizeram isso com muito sucesso... É algo para se pensar.
A questão do "medo de perder a honra, orgulho, ordem natural das coisas" tem alguns motivos, se trata de um país em que a natureza em sí não ajuda (temos terremotos, maremotos -que atualmente são chamados de tsunami- e ciclones) se não tiver alguma hierarquia ou mesmo alguma ordem seria um país até muito pior que qualquer outro, será mesmo que isso é mesmo um lado negativo? Algo que sempre funcionou e fez sobreviver por milhares de anos e que foi aperfeiçoado e modernizado por todo esse tempo?
Responder
 #7
(15/02/2014, 13:04)manju Escreveu: Desculpe, mas da parte em negrito da citação, eu discordo um tanto.
Para começar, acho que a quantidade de acertos e defeitos é a mesma (assim como é com o Brasil ou qualquer outro país, embora seja uma mera questão de adaptação, o que pode fazer tanto um lugar quanto outro ter mais acertos ou mais defeitos).
Interessante você mencionar "abaixar a cabeça sem questionamento" e no parágrafo seguinte escrever para "não reclamar", em qualquer lugar do mundo ninguém abaixa a cabeça sem questionamento, a não ser que seja alguém que tenha parafusos a menos. Sem contar que existe o "como saber abaixar a cabeça nos momentos certos", muitos líderes fizeram isso com muito sucesso... É algo para se pensar.

A questão do "medo de perder a honra, orgulho, ordem natural das coisas" tem alguns motivos, se trata de um país em que a natureza em sí não ajuda (temos terremotos, maremotos -que atualmente são chamados de tsunami- e ciclones) se não tiver alguma hierarquia ou mesmo alguma ordem seria um país até muito pior que qualquer outro, será mesmo que isso é mesmo um lado negativo? Algo que sempre funcionou e fez sobreviver por milhares de anos e que foi aperfeiçoado e modernizado por todo esse tempo?

Entendo seu ponto, assim como parte do texto ficou contraditório. Não quero começar uma discussão sobre isso, porque também discordo de muita coisa que você disse e você já tem opinião formada sobre hierarquia. Só sei que essa amostra de nação maravilha que não só o Japão tem (você disse "a hierarquia permitiu que o país avançasse") como qualquer outro lugar "A natureza brasileira é a melhor do mundo", "Europa é uma maravilha" são coisas que não consigo digerir.
Responder
 #8
Tenho a impressão que já vi um tópico assim aqui lol

Essa idéia do Japão ser o máximo é mais por que os animes aqui são tratados como desenho para criança, e eles tem a ilusão que no Japão otakus são tratados super bem. (falta de assistir Densha Otoko no mínimo)

Isso aliado ao anti-nacionalismo, e esse ano vai ter mais ainda por causa da copa e como otaco odeia futebol vai direcionar sua ira junto com outros insatisfeitos com o país.
Responder
 #9
(15/02/2014, 13:43)jasque Escreveu: Tenho a impressão que já vi um tópico assim aqui lol

Essa idéia do Japão ser o máximo é mais por que os animes aqui são tratados como desenho para criança, e eles tem a ilusão que no Japão otakus são tratados super bem. (falta de assistir Densha Otoko no mínimo)

É, no Japão também é assim. Até comer doces é considerado coisa infantil.
Responder
 #10
Porque os otaquinhos acham que o japão é o melhor pais do mundo?

Como a @nightdragoninja disse, o Japão foi o "criador" de algo diferente que os otaquinhos amam. E por isso, não enxergam os defeitos do país. Sendo que o Japão tem suas qualidades e defeitos próprios. É tipo aquela situação em que você ama uma pessoa, e até os defeitos parecem agradáveis aos olhos.
Pessoas tendem a achar interessante algo diferente. Se você vê algo diferente, ou você gosta ou você não gosta. Simples assim.

(15/02/2014, 07:54)NyanDere Escreveu: Hoho... Os famosos weaboos do 4chan.

@nightdragoninja disse tudo,mas eu diria que o Japão tem mais defeitos que acertos, pra falar a verdade.


Não dá pra falar se um país está mais certo ou se está mais errado. Cada país cresce, visando o que há de melhor para o seu povo, de acordo com seus costumes e forma de vida. Não há como comparar o Brasil e Japão, sendo que os dois se desenvolveram de forma diferente.

Aqui no Brasil acontece a mesma coisa, não acho que no Japão é tão diferente daqui. Um exemplo seria a política do Brasil. Preciso comentar? Pessoal reclama pra caramba, mas quem vota, quem escolhe, somos nós.  Nós fazemos a mesma coisa. Tem manifestações, greves, e tudo o mais como medida de questionamentos , mas no Japão tbm, como qualquer outro país que pensa que o gerenciamento não está certo.

(15/02/2014, 07:54)NyanDere Escreveu: até mais que aqui, por medo de ferir a honra, o orgulho e "ordem natural das coisas".

Realmente, japoneses são orgulhosos no sentido da honra, ou qualquer outra coisa. Na verdade, os japoneses só não gostam de sentir vergonha . Só que, não dá pra falar que o Japão inteiro é desse jeito. Há partes do Japão assim, mas há aqueles que não aderem a essa causa. Em cada país, há vários tipos de pessoas e personalidades. Não podemos generalizar. Eu diria que os mais preocupados com a honra são os mais idosos e os japoneses e descendentes no Brasil.

(15/02/2014, 13:43)jasque Escreveu: Tenho a impressão que já vi um tópico assim aqui lol

Essa idéia do Japão ser o máximo é mais por que os animes aqui são tratados como desenho para criança, e eles tem a ilusão que no Japão otakus são tratados super bem. (falta de assistir Densha Otoko no mínimo)

Mal sabem eles que otakus são visto como pessoas esquisitas Icon_lolIcon_lolIcon_lol
Responder
Páginas (40): 1 2 3 4 5 ... 40 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes