Dual Boot entre Windows 8.1 e Debian 8.2 em UEFI com Secure Boot ativado é possível?


Páginas (3): « Anterior 1 2 3
27 respostas neste tópico
 #21
Cabou sendo mais simples que MBR XD
Responder
 #22
(14/09/2015, 22:31)Rakaro Escreveu: Basta você remover a partição de 30 GB que você reservou para o debian. Após a reinicialização, inicie o boot com o windows, acesse: reperar o sistema (algo assim), e (iniciar reparação automática de inicialização), siga o assistente, e pronto, o windows será iniciado normalmente.

(14/09/2015, 23:04)Yagami Escreveu: Cabou sendo mais simples que MBR XD

@Yagami, pior que não foi tão simples assim, deu um trabalho danado pra desmontar o dual boot Icon_e_sad

@Rakaro, decidi testar o procedimento que vc me passou, pois queria testá-lo antes para no caso de eu precisar realmente me desfazer do dual boot. Iniciei pelo windows 8.1, deletei as 2 partições do debian e reiniciei o sistema com o dvd de instalação do windows 8.1 no drive.

Acessei as opções de reparo do dvd até chegar em iniciar reparação automática de inicialização, não deu certo, ele avisava que não encontrava o local que continha os arquivos de inicialização do windows Icon_eek 


Rebootei o sistema novamente, fiz o boot normal pra ver se entrava naquela tela do grub, apareceu outra bem diferente, com algo escrito como grub recover algo assim. Reiniciei o sistema mais uma vez, acessei a bios e fui ver como estava o boot nela, no caso tinha duas entradas, uma para o windows e outra para o debian, selecionei a do windows, rebootei e entrou no windows normalmente.

Mas a partição ESP ainda tava ferrada por causa do grub, e o pior é que a entrada do debian estava na uefi da bios. Pesquisei e encontrei algumas soluções e em uma delas, bastava usar um livecd do ubuntu e deletar manualmente os arquivos do debian da partição ESP. Montei a ESP pelo ubuntu e deletei a pasta do debian que estava lá, a do windows estava normal, nenhum arquivo foi alterado. Pelo terminal, usei os comandos efibootmgr para deletar as entradas na nvram da uefi na bios.

Usei o comando sudo efibootmgr -v para ver as entradas contidas na nvram, listou todas e lá estava a do debian. Em seguida usei sudo efibootmgr -b 0002 -B 0002 para deletar a entrada do debian da uefi na bios, 0002 pois era a referente ao debian no meu sistema. Listei novamente as entradas pra conferir se o debian tinha sido removido, estava tudo ok, nada de debian na uefi, problema da entrada no boot resolvido.

Reiniciei o sistema e dei boot pelo dvd de instalação do windows novamente, pois agora tinha que restaurar a partição ESP. Pelo dvd, acessei o cmd para montar a ESP pelo diskpart. Depois de montar, sai do diskpart e usei os seguintes comandos para restaurá-la:

cd /d G:\EFI\Microsoft\Boot\   (G: pois foi a letra que escolhi para atribuir a partição ESP)
bootrec /fixboot
ren BCD BCD.bak
Bcdboot C:\Windows /l en-us /s x: /f ALL (pra mim esse comando não funcionou, mesmo mudando a linguagem de en-us para pt-br, pois meu windows é pt-br)
bootrec /rebuildbcd

Depois desses comando, sai do cmd e reiniciei o sistema, entrei na bios pra ver se a entrada do debian tinha realmente sumido, estava tudo ok, nada de debian lá. Formatei a bios para as configurações de fábrica, configurei ela novamente, já com o secure boot ativado, nada de entrada do debian, apenas a do windows, salvei tudo e reiniciei, entrou no windows normalmente, nada de grub mais Icon_cool

Sinceramente, não pensei que desmontar dual boot em UEFI fosse tão complicado, no MBR era simples, bastava remover as partições do linux, entrar no cmd pelo dvd de instalação do windows, dar o comando bootrec /fixmbr e voilá, boot do windows recuperado. Pelo menos agora já sei como refazer o boot do windows em uefi caso precise desfazer dual boot dele com alguma distro linux.

Algo que sempre fiz questão de ter em mãos é o livecd/dvd do ubuntu, aquilo é uma super quebra-galho, me salvando nos momentos difíceis. E o melhor é que ela tem full suporte para UEFI e secure boot, não precisa desativá-lo na bios.

Mais uma vez, obrigado pelas dicas, @Rakaro, vc me ensinou muita coisa esses dias, já estou me virando bem no linux, tem muitas coisas que não entendo, mas não estou tão perdido como antes. Espero que essa informação possa ajudar quem estiver com problemas em desmontar seu dual boot. Icon_e_wink
Responder
 #23
Achei que a recuperação do Windows ñ ia bugar teh nisso mas no fim das contas vi que soh vira fazer img do sistema msm e.e
Responder
 #24
Fiz todo o procedimento em uma VM. Deletei a partição que reservei para o debian, usei o assistente automático para reparar a inicialização, mas o mesmo não conseguiu identificar os arquivos de inicialização do windows. Então, vamos resolver fazendo manualmente:
Iniciei o windows "bootável" no modo uefi na minha VM. Selecionei "reparar o sistema", logo abaixo. Após isto, iniciei o prompt de comando. Digitei os seguintes comandos:
  • bootrec /fixboot
  • bootrec /rebuildbcd (este comando retorna como encontrado "0 error", mas vamos resolver).
  • Digitei o comando: bcdedit e identifiquei meu gerenciador de boot do windows.
  • Digitei diskpart para abrir a ferramenta de gerenciamento de disco.
  • Depois: list disk
  • select disk 0 selecionei a minha partição.
  • list volume
  • select volume # onde "#" é o volume EFI, troque-o, geralmente este tem o tamanho de 100~500 MB, formatado como sistema de arquivo fat32. Então, identifique ela, e depois selecione-a.
  • assign letter=A pode ser qualquer outra letra, desde que se diferencie das outras já existentes.
  • exit sair do diskpart.
Depois disso, vamos navegar até ela.
  • cd /d A:\EFI\Microsoft\Boot
Vamos remover os parâmetros do aquivo BCD.
  • attrib A:\EFI\Microsoft\Boot\BCD -h -r -s (remover parâmetro oculto, somente leitura, e sistema).
Renomear o arquivo:
  • ren A:\EFI\Microsoft\Boot\BCD BCD.old(ou .bkp, você quem escolhe).
  • bootrec /rebuildbcd (durante a instalação, pressione "T" quando questionado, aceitando todas as perguntas).
Reinicie o sistema: O windows funcionará perfeitamente, mas o debian ainda se encontra na lista de gerenciamento de boot na bios. Vamos ter removê-lo (usei a dica do @warlock): Para isto, temos que "bootar" com o ubuntu live CD UEFI.
  • Abra o terminal (ctrl+t)
  • digite: sudo apt-get install efibootmgr
  • digite novamente: efibootmgr (listará todos contidos na entrada de boot, inclusive, o debian estava lá).
  • Para removê-lo, digite: efibootmgr -b 0006 -B (onde "0006" correspondeu à entrada do debian).
Pronto, temos o windows funcionando normalmente sem o debian. Deixarei este meu post como correção do que tinha postado anteriormente, seguindo as dicas do @Warlock.
Responder
 #25
(15/09/2015, 16:35)Rakaro Escreveu: Fiz todo o procedimento em uma VM. Deletei a partição que reservei para o debian, usei o assistente automático para reparar a inicialização, mas o mesmo não conseguiu identificar os arquivos de inicialização do windows. Então, vamos resolver fazendo manualmente:
Iniciei o windows "bootável" no modo uefi na minha VM. Selecionei "reparar o sistema", logo abaixo. Após isto, iniciei o prompt de comando. Digitei os seguintes comandos:
  • bootrec /fixboot
  • bootrec /rebuildbcd (este comando retorna como encontrado "0 error", mas vamos resolver).
  • Digitei o comando: bcdedit e identifiquei meu gerenciador de boot do windows.
  • Digitei diskpart para abrir a ferramenta de gerenciamento de disco.
  • Depois: list disk
  • select disk 0 selecionei a minha partição.
  • list volume
  • select volume # onde "#" é o volume EFI, troque-o, geralmente este tem o tamanho de 100~500 MB, formatado como sistema de arquivo fat32. Então, identifique ela, e depois selecione-a.
  • assign letter=A pode ser qualquer outra letra, desde que se diferencie das outras já existentes.
  • exit sair do diskpart.
Depois disso, vamos navegar até ela.
  • cd /d A:\EFI\Microsoft\Boot
Vamos remover os parâmetros do aquivo BCD.
  • attrib A:\EFI\Microsoft\Boot\BCD -h -r -s (remover parâmetro oculto, somente leitura, e sistema).
Renomear o arquivo:
  • ren A:\EFI\Microsoft\Boot\BCD BCD.old(ou .bkp, você quem escolhe).
  • bootrec /rebuildbcd (durante a instalação, pressione "T" quando questionado, aceitando todas as perguntas).
Reinicie o sistema: O windows funcionará perfeitamente, mas o debian ainda se encontra na lista de gerenciamento de boot na bios. Vamos ter removê-lo (usei a dica do @warlock): Para isto, temos que "bootar" com o ubuntu live CD UEFI.
  • Abra o terminal (ctrl+t)
  • digite: sudo apt-get install efibootmgr
  • digite novamente: efibootmgr (listará todos contidos na entrada de boot, inclusive, o debian estava lá).
  • Para removê-lo, digite: efibootmgr -b 0006 -B (onde "0006" correspondeu à entrada do debian).
Pronto, temos o windows funcionando normalmente sem o debian. Deixarei este meu post como correção do que tinha postado anteriormente, seguindo as dicas do @Warlock.
Seu método do bcdedit foi ainda melhor, muito obrigado pela dica Rakaro. Agora posso instalar dual boot sem medo, pois saberei como recuperar o boot do windows.
Responder
 #26
Problema eh decorar td isso inda mais sendo algo raro de acontecer e fazer '-'
Responder
 #27
(15/09/2015, 20:41)Yagami Escreveu: Problema eh decorar td isso inda mais sendo algo raro de acontecer e fazer '-'
A parte do diskpart é simples, da pra memorizar sem muitos problemas, já o bcdedit é outra coisa. Memorizar os comandos é complicado, melhor a pessoa salvar em algum documento ou pesquisar depois caso precise, pois memorizar ele é foda.
Responder
 #28
EDIT: Recentemente comprei outro notebook com o modelo Acer, e desta vez, ao instalar o debian em dual boot em modo UEFI, com Secure Boot desativado, não era inicializado o GRUB2, pois o mesmo não encontrava-se na ordem de boot. Mas no Setup possibilitava adicionar a entrada pelo arquivo grubx64.efi do debian na partição ESP, e após adicioná-lo, consegui ter acesso ao debian. Para removê-lo é bem simples, basta apagar a partição do debian, e acessar partição ESP pelo prompt de comando:

(15/09/2015, 16:35)Rakaro Escreveu:
  • diskpart para abrir a ferramenta de gerenciamento de disco.
  • Depois: list disk
  • select disk 0 selecionei o meu disco rígido.
  • list volume
  • select volume # onde "#" é o volume ESP, troque-o, geralmente este tem o tamanho de 100~500 MB, formatado como sistema de arquivo fat32. Então, identifique ela, e depois selecione-a.
  • assign letter=A pode ser qualquer outra letra, desde que se diferencie das outras já existentes.
  • exit sair do diskpart.
  • Agora, basta acessá-la: cd /d A:\EFI\
    rd /s debian (irá remover todos os arquivos da pasta, além dela própria)
    Para ocultá-la, basta remover a letra a ela atribuída
No setup, restaure as configurações do Secure Boot ao padrão.
Responder
Páginas (3): « Anterior 1 2 3

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes