Now Playing Animes - (2015 ~ 2017)


Tópico em 'Discussões gerais' criado por martec em 02/01/2015, 00:26.
Páginas (82): « Anterior 1 ... 78 79 80 81 82
817 respostas neste tópico
 #811
Patlabor Movie 1

[Imagem: JZY0wcl.jpg]

É um filme bastante decente de Patlabor, pelo menos é "melhor" que o segundo.
É um "episódio" onde há um caso, há investigação, e no final há ação.
Esse filme não inventa, tem todo o esquema comum da série. Surge um possível crime, o Goto esperto só observa e incentiva os subordinados a investigarem para ele para fazer o trabalho braçal de confirmar as suspeitas, o detetive vai atrás das informações adicionais que faltam, como a situação é delicada para o governo o Goto é obrigado a fazer aquele jogo passivo agressivo dele prometendo que vai dar merda, vai dar, deixando as autoridades sem escolha a não ser deixar ele fazer alguma coisa e se der merda jogam a culpa nele.

O que eu estranhei nesse filme é que ele pareceu mais "feio" que o OVA.
Algo realmente menos bonito é a Noa (e não só ela), há um uso quase exagerado de sombras que realçam as rugas e dobras do rosto e faz os personagens parecerem mais velhos.
Muitas cenas tinham uma resolução claramente mais baixa que o OVA, estranho, como se tivessem desenhado em um filme menor. Mas no fim você percebe que estava economizando para a ação no alto final, que tem muita movimentação e muita destruição. Dá trabalho e custa dinheiro fazer cenas como aquela.

[Imagem: JFRrKJR.jpg]

Enfim, foi um bom filme. 
O que resta agora da série é continuar assistindo o TV (apesar de que há um terceiro filme...).
Responder
 #812
Bubblegum CRISIS 2033 (1987-1991, AIC, Artmic, Darts)

[Imagem: d3ENNOa.jpg]

É uma série cyberpunk, policial, caso da semana, que tem suas boas intenções, só que eu não sei realmente o que dizer sobre ela. Se eu deixasse para comentar depois talvez pudesse escrever algo de mais interessante aqui, porque material para ler e ouvir sobre a série eu já tenho guardado, estava apenas esperando terminar de assistir para ler. E demorei bastante para terminar, exatamente um mês, porque não estava vendo muita grança e me empolgando com o que estava assistindo, e a dupla duração dos episódios tornaram ainda mais difícil de assistir.
Do que eu sei, Masami Oobari, o criador, tentou fazer algo que você poderia pensar como um "robocop japonês" (antes do filme até), e foi mais um daqueles casos que o projeto não deu certo e ele ficou remoendo isso durante anos e acabou transformando em outra coisa. Bubblegum é um clássico produto da era de ouro dos OVAs, sendo criado em parceria com um selo musical. Cada OVA é como se fosse um "mini album", uma das personagens é dublada por uma cantora, todo episódio tem sua trilha sonora, todo episódio começa com clipe musical integrado na história. Quem participou disso gostava do que estava fazendo, só que infelizmente a história não me empolga muito e acho que não estou sozinho nessa opinião. No final você vê que há uma história de fundo sendo desenvolvida com cada episódio, mas nada demais, nada de interessante, apenas um caso maior que envolve todos os episódios.
No início o estilo já está claro, só que parece que falta algo ali, talvez um pouco mais de interação cotidiana das protagonistas, principalmente para compensar da Priscilla e da Sylia. O design de personagens do Kenichi Sonoda parece que ainda não está firme no início. Infelizmente eu gostei bastante mais dos episódios 7 e 8, foram mais divertidos, só que a série acabou ali, foi cancelada. Era para ter 13 episódios e para remediar isso conseguiram fazer o Bubblegum Crash já em seguida com 3 episódios adicionais para finalizar a história. Esse eu não tenho vontade de assistir porque parece que tem um orçamento bem baixo e acho que não vale a pena a triste de ver o character design destruído.

[Imagem: bCpenle.jpg]

Enfim, foi interessante, pelos episódios finais até que vale a pena.
Não se deixe enganar por esse meu comentário sobre a série, porque ela tem mais qualidades do que eu escrevi aqui. Algumas mais evidentes, outras mais sutis, todas fazem a diferença quando você pensa que está lá e a falta que faria se não estivessem presentes.
Responder
 #813
Dominion (OVA, 1988)

[Imagem: kwdfdLj.jpg]

Apenas 4 episódios de 35 minutos, nada demais, bacaninha e só.
No início, pelo diálogo que abre a série eu pensava que fosse mais sério e "mundano", mais policial mesmo. Fiquei interessado porque ontem pensei em uma série com um tema parecido, mas no fim não foi nada daquilo. O diálogo que abre a série é questionando a efetividade da forma policial, que na prática não diminuiu os crimes e os métodos que emprega acabam apenas adicionando nos danos na sociedade. O segundo episódio termina com a protagonista literalmente metendo balas no comportamento e práticas absurdas e incoerentes da força policial da qual faz parte (além de a protagonista sofrer uma brutal mudança de personalidade nesse episódio), então a série tem nada a dizer sobre esse assunto e a partir do terceiro episódio acaba inventando um plot meio filosófico.
Não foi ruim porque afinal a série é divertida, mesmo padrão que eu tinha visto e comentado sobre M-66. E termina deixando um gancho para continuação que anos depois veio. Pretendo assistir ao segundo OVA.

E se pudesse, assistiria uma série que não tivesse a Tank Police e fosse apenas sobre Annapuma e Unipuma (e Buaku). Gêmeas bandidas divertidas.

[Imagem: dSfjDcX.jpg]
Responder
 #814
Episódio #30

Depois de 2 filmes, 7 OVAs e 29 episódios finalmente cheguei na cena do gif que me fez assistir Patlabor.

[Imagem: ujMby0z.jpg]

Seios da Noa fizeram um verdadeiro milagre nesse episódio, apareceu um rosto da Divisão 1.

[Imagem: gO0UsbR.jpg]

É real, eles existem!

Enquanto assisto a série eu formei essa teoria, de que a Shinobu é louca, e pela família dela ser rica e poderosa arranjaram de ela ficar ali na Segunda Divisão, bem escondida e segura, com o Goto vigiando ela. Que na verdade ela é esquizofrênica e apenas imagina ser capitã ali, por isso que nunca ninguém da divisão dela aparecia ou era mencionado. Até agora nada do que tinha assistido da série dava a entender o contrário.
Responder
 #815
TV #31

Algo que você só pode aprender a desdenhar e odiar em Patlabor é o Ota.
Pra quê esse personagem existe?
Ele chegou a atirar no Azuma!

[Imagem: u5SwWoN.jpg]

De todo modo Patlabor só melhora.
A Noa é uma fofa.

[Imagem: QxH2aom.jpg][Imagem: wgvVCOl.jpg][Imagem: Fg5VJYf.jpg]

A Takeo é uma sucessora digna da Kanuka.
Não morra!

[Imagem: HJ6EHgh.jpg][Imagem: kWMycql.jpg][Imagem: Lg3NQ5p.jpg]

E nessa série se super ultra absolutamente realísticos robôs, apareceu um Gundam!
Alphonse não pode competir com isso, estão mortos.

[Imagem: KqahMrQ.jpg]
Responder
 #816
Patlabor TV #32

Estou impressionado, nem percebi quando foi que a série deixou de ser "chata" para me empolgar tanto.
Nem é porque tem "coisas" acontecendo, uma "trama" engrenando, é mais por ver os personagens mesmos.

Kanuka voltou e ela vai pilotar!

[Imagem: LykCvN6.jpg]

E como já tinha comentado antes, o romance é deliciosamente sutil.

[Imagem: sLy6MP2.jpg][Imagem: iU8PLNy.jpg][Imagem: KQMMz84.jpg][Imagem: BIs49Bx.jpg]
Responder
 #817
Patlabor TV #34

[Imagem: MCpPDTd.jpg]

Finalmente, um episódio com uma boa luta entre patlabors, porque essa série tem muito poucas. E como são policiais eles não apenas lutam, eles fazem o serviço deles onde o objetivo não é destruir um inimigo. Geralmente os personagens usam os patlabors deles para conter robôs de construção nas mãos de algum trabalhador descontrolado, algo pouco grandioso e bonito de ver. Mesmo quando se envolvem alguma situação militar isso não é gundam, se um patlabor foi acertado por uma ataque é o fim da batalha. São batalhas tensas e rápidas, como nesse episódio em que a Noa passa mais tempo pensando no que fazer para a situação não sair de controle e alguém morrer.



[Imagem: hlTf6SH.jpg]

Patlabor TV #35

[Imagem: WyXzIl6.jpg]

Continuando do episódio anterior a animação também foi bastante caprichada.
É "bonito" ver os robôs se desfazendo aos poucos com o correr da batalha, e isso aumenta a tensão. Em alguns momentos o interior do cockpit é atingido e isso deixa tudo ainda mais tenso.

[Imagem: TMMGRQO.jpg]

As pessoas precisam aprender a gostar de Patlabor.
Sim, pode ser chato, monótono na maior parte do tempo, só que mesmo nesses momentos tem um charme na série.
O tempo passa e você se acostuma com os personagens, e como eu sem perceber em algum momento estava gostando mais do que esperava.

"Hard work...

[Imagem: fwBphEf.jpg]

Não parece mas a série tem um desenvolvimento bastante sutil.

[Imagem: V05ZhFF.jpg]

... and guts".

Agora me arrependo de ter feito todas essas imagens da série sem legenda (porque a bosta do MPV/SMPlayer zoneia as legendas após cada captura). Tem algumas frases bacanas.

[Imagem: duWqCX5.jpg]
Responder
 #818
(08/09/2017, 02:32)Panino Manino Escreveu: [/spoiler]

Após esse Panino

Assista a "Made in Abyss"
Pra mim é a obra mais underrated do ano. Eu a vejo de forma sublime.
Não sei se a paixão me cega, mas considero tecnicamente perfeito.

Roteiro, trilha musical, direção de episódio (até o timing das gags), personagens cativantes ao extremo, animação de 1a qualidade.

Como acompanho vc desde o Subete
Não acharia nada mal ler seus comentários a respeito dele (mesmo que fossem negativos).
Responder
Páginas (82): « Anterior 1 ... 78 79 80 81 82

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes