(2014Q2) - Initial D Stage Final


Tópico em 'Ano 2014' criado por Ton em 04/05/2014, 20:53.
Páginas (6): « Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo »
52 respostas neste tópico
 #11
(05/05/2014, 00:22)z.e.t Escreveu: 1º stage pra mim é um dos melhores, o 3 também é muito bom se não me engano é o estagio que mostrou os awd

esse é o 2, o 3 é o filme.
Responder
 #12
(05/05/2014, 00:23)Ton Tavares Escreveu: esse é o 2, o 3 é o filme.

ha é, eu me confundo por causa na animação que pro 1º pro 2º eu acho que mudou muita coisa graficamente, até na física dos carros
o 3º seria o Takume enfrentando o filho de um antigo rival do pai
Responder
 #13
Ainda bem que vão continuar, porque sinceramente, aquele final do Fifth Stage ficou meio "?, acabou?"
Responder
 #14
Só eu prefiro o Intial D 2nd Stage a todos os outros? Icon_e_biggrin

Se bem que gosto bastante do 1º e bem menos do 5º.
Responder
 #15
Eu gosto do 4º e do 5º Stage, sinceramente, pela animação, como é linda a animação dessas temporadas. Ia falar da trilha sonora, mas isso Initial D sempre foi excelente, desde a 1ª temporada.
Responder
 #16
Digo que conheci duas coisas de weaboo que foram muito importantes pra mim ano passado. A primeira foi Touhou Project. A segunda foi Initial D. Mas foi bem antes saber o que é Gensokyo.

-

Comecei a ver Initial D no começo do ano passado, quando já estava me desinteressando pelos lovecomes/ecchis por aí. Primeira coisa que me chamou a atenção, assim como jogando o Embodiment of Scarlet Devil muitos meses depois, foi a OST. Isso não dá pra negar, a OST foi uma das coisas mais fortes da série, ajudou a popularizar muito o Eurobeat. E isso te prende muito na série. Lembro que rushei tudo até a metade do Fifth Stage só pela adrenalina que dá ficar escutando aquelas músicas. E também acho que poucas endings superam Rage your Dream, mesmo me faltando propriedade pra dizer isso (se vi 200 séries de anime na minha vida, foi muito...)

Outra coisa que me chamou a atenção é ver como eles se aprofundaram na parte técnica, mas sempre fazendo com que o leigo se interesse sem se preocupar muito com o nível das discussões. Até porque, o próprio Takumi não manjava nada de termos técnicos e da mecânica do próprio carro. Ele absorveu essas coisas gradualmente com suas experiências nas corridas e muito mais dentro do Project D. Acho que isso criou uma grande proximidade com o público, apesar dos exageros que um crítico melhor instruído perceberia.

Acho que é isso que eu tenho a dizer aqui. Não sou uma das pessoas mais pacientes com animes, é difícil eu ver uma série com mais de 36 episódios acumulados, mas esse sim foi um dos clássicos que não hesitei muito pra ver. Isso é raro.
Responder
 #17
(06/05/2014, 00:11)mirukage Escreveu: Só eu prefiro o Intial D 2nd Stage a todos os outros? Icon_e_biggrin

Se bem que gosto bastante do 1º e bem menos do 5º.

eu também prefiro o 2º stage, a gangue dos lancer Icon_lol

(06/05/2014, 23:33)NyanDere Escreveu: Digo que conheci duas coisas de weaboo que foram muito importantes pra mim ano passado. A primeira foi Touhou Project. A segunda foi Initial D. Mas foi bem antes saber o que é Gensokyo.

-

Comecei a ver Initial D no começo do ano passado, quando já estava me desinteressando pelos lovecomes/ecchis por aí. Primeira coisa que me chamou a atenção, assim como jogando o Embodiment of Scarlet Devil muitos meses depois, foi a OST. Isso não dá pra negar, a OST foi uma das coisas mais fortes da série, ajudou a popularizar muito o Eurobeat. E isso te prende muito na série. Lembro que rushei tudo até a metade do Fifth Stage só pela adrenalina que dá ficar escutando aquelas músicas. E também acho que poucas endings superam Rage your Dream, mesmo me faltando propriedade pra dizer isso (se vi 200 séries de anime na minha vida, foi muito...)

Outra coisa que me chamou a atenção é ver como eles se aprofundaram na parte técnica, mas sempre fazendo com que o leigo se interesse sem se preocupar muito com o nível das discussões. Até porque, o próprio Takumi não manjava nada de termos técnicos e da mecânica do próprio carro. Ele absorveu essas coisas gradualmente com suas experiências nas corridas e muito mais dentro do Project D. Acho que isso criou uma grande proximidade com o público, apesar dos exageros que um crítico melhor instruído perceberia.

Acho que é isso que eu tenho a dizer aqui. Não sou uma das pessoas mais pacientes com animes, é difícil eu ver uma série com mais de 36 episódios acumulados, mas esse sim foi um dos clássicos que não hesitei muito pra ver. Isso é raro.
oque me chamou a atenção em initial D foi justamente a parte técnica, assistindo initial D da pra aprender muita coisa
Responder
 #18
É amanhã ^^
Responder
 #19
Informações do filme.. alias FILMES, será um trilogia.

http://www.otakupt.com/anime/new-initial...-completo/

Esta trilogia vai recontar o início da história do manga de Shuuichi Shigeno e o primeiro filme estreia já nos cinemas nipônicos dia 23 de Agosto.

O novo caracter design está incrível mas não gostei da mudança dos dubladores. Creio eu q os filmes contarão as batalhas da primeira temporada, seria uma boa. Penso eu que poderiam refazer até o segundo estágio.

Responder
 #20
Engraçado que comecei a ver Initial D logo que peguei pra assistir anime a sério. Como já conhecia alguns termos, isso ajudou bastante na hora de entender melhor a história, mas o conhecimento que ganhei tecnicamente falando, foi crucial, o anime consegue agradar (o que acho mais curioso) até quem não tem interesse algum por carro, esse anime já é um clássico desde o primeiro episódio.

Curiosamente, nesse meio tempo conheci K-ON! e Oreimo e aí me perdi nesse mundo Icon_rolleyes
Responder
Páginas (6): « Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes