(2011Q4) - Mashiroiro Symphony: The color of lovers


Tópico em 'Ano 2011 e anteriores' criado por martec em 14/09/2011, 08:49.
Páginas (26): « Anterior 1 2 3 4 5 ... 26 Próximo »
254 respostas neste tópico
 #21
(05/10/2011, 00:44)Zefiris Escreveu:
(05/10/2011, 00:19)martec Escreveu: eu li agora..
a versão PSP tem a rota da Sana CursingCursingRantRant
Acho que vou ser obrigado a roubar algum PSP por ai...

Mulheres com cabelo vermelho te dá idéia que são fogosas e que você quer ser a água que irá penetrar na floresta em chamas?

bem versão para console não tem cenas H... Icon_lolIcon_lol
normalmente eles deixam as personagens fodas de fora para vender depois o fandisk com as rotas das personagens que não foram contemplados com jogo principal.

porém nesse caso não saiu fandisk... e só tem rota dela em PSP... aff.

mas é sempre assim... deixa a personagem favorita de fora é foda.
é normal vc ter preferencia em uma personagem do que outra... Devido a personalidade de cada uma delas.
Responder
 #22
Manglobe só ganhava em adaptar a rota da heroina preferida por muitos :/

O nome deste tópico não deveria ser Mashiro-Iro Symphony: The Color of lovers? Love is Pure White é do jogo.
Responder
 #23
Primeiro episódio não foi de todo ruim, só achei que as músicas de abertura/encerramento não seguiram o mesmo nível das do game original / versão do PSP (algo que realmente me desapontou - Na verdade a OP por um todo é incrivelmente ruim, lol)
Responder
 #24
(05/10/2011, 01:58)——— Escreveu: Primeiro episódio não foi de todo ruim, só achei que as músicas de abertura/encerramento não seguiram o mesmo nível das do game original / versão do PSP (algo que realmente me desapontou - Na verdade a OP por um todo é incrivelmente ruim, lol)

Eu estou a espera de legendas mas vi a OP e tenho que concordar que fica a aquem do original ou da versão da PSP. Preferia que tivessem feito uma OP "alegre" do que romantico mas mesmo assim a OP não foi assim tão ruim, pelo menos eu gostei das cenas.
Responder
 #25
Achei um anime visualmente bonito, e o ritmo lento me agradou, mas é uma pena que este ritmo não irá persistir. O jogo de origem não é harém, é romance. O encontro meio que predestinado no primeiro episódio deve indicar muito açucar no futuro, capaz de matar um diabético incauto.
Responder
 #26
(05/10/2011, 00:19)martec Escreveu:
(05/10/2011, 00:04)Panino Manino Escreveu: Título malicioso não?

só assistir o inicio do primeiro ep que explica algumas coisas referente ao título da obra....



agora que lembrei...
eu tinha ficado puto pq não tinha a rota da Sana
eu li agora..
a versão PSP tem a rota da Sana CursingCursingRantRant
Acho que vou ser obrigado a roubar algum PSP por ai...

Se você ainda estivesse em Curitiba emprestaria o meu, embora esteja sem bateria.

Quanto ao anime, a animação está boa mesmo, mas irei esperar comentários positivos sobre ele.
Responder
 #27
(05/10/2011, 01:54)Deus Ex Machina Escreveu: Manglobe só ganhava em adaptar a rota da heroina preferida por muitos :/

O nome deste tópico não deveria ser Mashiro-Iro Symphony: The Color of lovers? Love is Pure White é do jogo.

vc tem razão...
catei nome do MAL e me ferrei... http://myanimelist.net/anime/10397/Mashi...Pure_White
vou arrumar...


(05/10/2011, 08:51)Zefiris Escreveu: Achei um anime visualmente bonito, e o ritmo lento me agradou, mas é uma pena que este ritmo não irá persistir. O jogo de origem não é harém, é romance. O encontro meio que predestinado no primeiro episódio deve indicar muito açucar no futuro, capaz de matar um diabético incauto.

sim...
a a romance é extremamente melado...
pelo menos na rota da Airi
Responder
 #28
Vi o primeiro episódio...

Gostei da cena antes do opening. A conversa pseudo-filosofica das heroinas com várias cenas com ambientes bonitos e com o bichinho sabe deus lá o que ele estava a fazer foi um boa maneira de começar o episódio mas gostei, principalmente, por dar algum sentido ao titulo do anime. Falando no opening, gostei muito, e fiquei com a impressão que o estúdio dará mais enfase ao romance, portanto, a música e as cenas assentam que nem uma luva para a história melosa que isso deverá ter. Apesar disto, prefiro o opening alegre do jogo original ou da versão PSP que me lembra Toradora! (não que seja uma coisa muito boa mas...)

Começar uma história com o protagonista indo a procura da sua irmã é um pouco estranho para mim mas de qualquer maneira gostei da forma que os personagens foram apresentados. Eu não entendi o protagonista com o seu "Eu estava preocupado porque Sakuno é tão fofa". Eu também não entendi porque Sakuno tirou uma foto dela ao inves do local onde ela estava, Sakuno é uma deficiente? Não gostei muito da sua pose de criança inocente. Quando Shingo ficou vermelho ao olhar para os peitos da Sena e ela mexeu o olho, pensei, "pronto, ela vai ficar vermelha e chama-lo de safado ou dar uma surra nele", mas isto não aconteceu, ponto positivo para o episódio.

A cena da casa de banho e a cara da Sakuno sobre a ideia indecente de Shingo e seu amigo deixou claro que ela tem um afecto incestuoso pelo irmão. Eu gostei da maid, Angelina, achei ela simpatica e aquela voz só a torna mais engraçadinha. E Miu é linda e seu bichinho é fofo e esquisito ao mesmo tempo. A Sana mostrou carisma suficiente para eu simpatizar com ela, o mesmo para professora e para mãe da Sena. Gostei de como o episódio acabou com o dilema da Sena (gostei dela, quero ver como isto irá desenvolver), parece que eles quiseram criar um dramalhão onde não existe e brincar com isto, pelo menos eu ri quando mostraram as caras de todos lol

A arte apesar de génerica é bonita, prefiro esta do que a do VN, e a animação foi boa apesar de umas falhas. O OST foi decente, nada memoravel. Eu gostei do ED, a música é legal, principalmente, os visuais. Enfim, a história me pareceu ter potencial para sair algo no minimo aceitável, as personagens não são nada por ai alem mas gostei de todos (excepto Sakuno talvez), gostei do OP/ED e da atmosfera em geral... bem, este é para acompanhar, espero que não seja outro Sacred Blackshit ou Deadshit Wonderland.






Responder
 #29
(06/10/2011, 16:48)Deus Ex Machina Escreveu: Vi o primeiro episódio...

Gostei da cena antes do opening. A conversa pseudo-filosofica das heroinas com várias cenas com ambientes bonitos e com o bichinho sabe deus lá o que ele estava a fazer foi um boa maneira de começar o episódio mas gostei, principalmente, por dar algum sentido ao titulo do anime. Falando no opening, gostei muito, e fiquei com a impressão que o estúdio dará mais enfase ao romance, portanto, a música e as cenas assentam que nem uma luva para a história melosa que isso deverá ter. Apesar disto, prefiro o opening alegre do jogo original ou da versão PSP que me lembra Toradora! (não que seja uma coisa muito boa mas...)

Começar uma história com o protagonista indo a procura da sua irmã é um pouco estranho para mim mas de qualquer maneira gostei da forma que os personagens foram apresentados. Eu não entendi o protagonista com o seu "Eu estava preocupado porque Sakuno é tão fofa". Eu também não entendi porque Sakuno tirou uma foto dela ao inves do local onde ela estava, Sakuno é uma deficiente? Não gostei muito da sua pose de criança inocente. Quando Shingo ficou vermelho ao olhar para os peitos da Sena e ela mexeu o olho, pensei, "pronto, ela vai ficar vermelha e chama-lo de safado ou dar uma surra nele", mas isto não aconteceu, ponto positivo para o episódio.

A cena da casa de banho e a cara da Sakuno sobre a ideia indecente de Shingo e seu amigo deixou claro que ela tem um afecto incestuoso pelo irmão. Eu gostei da maid, Angelina, achei ela simpatica e aquela voz só a torna mais engraçadinha. E Miu é linda e seu bichinho é fofo e esquisito ao mesmo tempo. A Sana mostrou carisma suficiente para eu simpatizar com ela, o mesmo para professora e para mãe da Sena. Gostei de como o episódio acabou com o dilema da Sena (gostei dela, quero ver como isto irá desenvolver), parece que eles quiseram criar um dramalhão onde não existe e brincar com isto, pelo menos eu ri quando mostraram as caras de todos lol

A arte apesar de génerica é bonita, prefiro esta do que a do VN, e a animação foi boa apesar de umas falhas. O OST foi decente, nada memoravel. Eu gostei do ED, a música é legal, principalmente, os visuais. Enfim, a história me pareceu ter potencial para sair algo no minimo aceitável, as personagens não são nada por ai alem mas gostei de todos (excepto Sakuno talvez), gostei do OP/ED e da atmosfera em geral... bem, este é para acompanhar, espero que não seja outro Sacred Blackshit ou Deadshit Wonderland.

Que eu lembre a Sakuno sabe ficar no seu canto... Pelo menos na rota da Airi.

Sobre aquela frase...

Sakuno disse:
-Eu não sei nem onde eu estou

Protagonista disse:
-Sem problemas. Ainda bem que você está apenas perdida na rua.

Protagonista continua:
-Sakuno é fofa (ou bonita) então acabei ficando preocupando

Sakuno disse:
Não precisa se preocupar. Estou apenas perdida.

Não entendi onde tem algo de estranho ai...
Não é melhor ela estar apenas perdida na rua do que ter acontecido algo com ela?

A de ela ter tirado a própria foto... Provavelmente para o irmão dela não precisar ficar preocupado tanto... Por isso o sorriso na foto.
Responder
 #30
Achei estranho porque ele disse que se preocupou com ela porque ela é bonita/fofa. O que quer dizer que se ela fosse feia que nem um gambá ou uma tsun tsun, ele não preocuparia com ela xD. Não faz sentido. Se eu fosse ele, ficaria preocupado com a demora dela por ser perigoso uma rapariga como ela ficar a noite andando sozinha, não pela sua personalidade ou aparencia. Só se ele disse no sentido de ser um alvo facil para violadores ou algo do género.

Sobre a foto, ok, esta é uma boa explicação e faz sentido lol

Responder
Páginas (26): « Anterior 1 2 3 4 5 ... 26 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes