Vamos para Toquio?


Páginas (6): « Anterior 1 2 3 4 5 6
51 respostas neste tópico
 #51
(21/12/2016, 15:08)Aru Escreveu: Revivendo o tópico Heh

Tenho amigos que são netos de japoneses e sofrem preconceito quando vão visitar os familiares lá. Tenho amigos que estudam e trabalham lá no Japão e adoram. O preconceito é forte mesmo. Já me falaram que precisam se esforçar o dobro pra conseguir determinadas coisas em relação aos nativos.

Depois daquele primeiro ministro saindo do cano no encerramento das olimpíadas eu fixei uma meta: 
Coração vou pra Tóquio em 2020. Coração
Pra isso to treinando PRINCIPALMENTE meu inglês. Já fiz uns cálculos e vai ficar bem mais caro na época das olimpíadas, então tô pensando em ir um pouco antes e ficar tipo umas 2 semanas, pegando só o início dos jogos mesmo.
Pra conseguir me orientar lá, voltei a estudar hiragana, katakana e os benditos milhões de kanjis kkkkk
E o mais importante: tô relembrando os costumes locais. É uma das coisas mais importantes. A população lá tem muitooooooo pode e não pode.
Mas o mais complicado mesmo é a grana kkkk
Estou tentando convencer uma turma a ir. Grupo fica muito mais barato o/

Sobre a parte em negrito da citação, meu conselho: não conte com isso, se for tentar conversar com um local, melhor falar a língua local, são pouquíssimos os que falam inglês e é quase certeza que não irão te dar a resposta que deseja (aliás, mesmo se derem a resposta, a chance de você entender será bem baixa, mesmo).
Quanto a saber kana/kanji, pra turista é bem desnecessário (pelo menos se for para depender dos trens, basicamente tem tudo escrito em "romaji", em ônibus talvez até seja útil, mas se tiver com um guia turístico tudo isso é desnecessário). Mas se quer mesmo chegar em algum lugar, provavelmente o gps vai te servir bem (e ter um bom senso de localização, o que complica lá é que praticamente inexiste plaquinhas de endereço).
Responder
 #52
(21/12/2016, 22:03)manju Escreveu: Sobre a parte em negrito da citação, meu conselho: não conte com isso, se for tentar conversar com um local, melhor falar a língua local, são pouquíssimos os que falam inglês e é quase certeza que não irão te dar a resposta que deseja (aliás, mesmo se derem a resposta, a chance de você entender será bem baixa, mesmo).
Quanto a saber kana/kanji, pra turista é bem desnecessário (pelo menos se for para depender dos trens, basicamente tem tudo escrito em "romaji", em ônibus talvez até seja útil, mas se tiver com um guia turístico tudo isso é desnecessário). Mas se quer mesmo chegar em algum lugar, provavelmente o gps vai te servir bem (e ter um bom senso de localização, o que complica lá é que praticamente inexiste plaquinhas de endereço).

OMG.... bora refazer as contas e incluir um guia Icon_e_biggrin
Responder
Páginas (6): « Anterior 1 2 3 4 5 6

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes